Exposição guarulhense na CPTM terá apresentação do coletivo ‘Mulheres que Cantam’

Foto: Divulgação PMG

Nesta sexta-feira (13), às 17h30, a Prefeitura de Guarulhos realiza a abertura oficial do projeto Estações das Artes, com apresentação musical do projeto Mulheres Que Cantam. O evento conta com a exposição Vidas Refugiadas na Estação Aeroporto-Guarulhos da CPTM.

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher a apresentação destaca a figura feminina como protagonista de atividades culturais em diversos espaços públicos da cidade. Mulheres de diferentes idades e estilos musicais fazem parte desta apresentação: Izabela Calazans cantando MPB, Jéssica Sena com repertório de músicas gospel e Márcia Soares & Ranny Longrino com músicas sertanejas.

A mostra Vidas Refugiadas é composta por imagens do fotógrafo Victor Moriyama, que retratam o cotidiano de dificuldades, superações e conquistas de oito mulheres refugiadas no Brasil. O acervo tem como objetivo dar visibilidade e voz às mulheres que pedem refúgio e vivem hoje no país.

Vidas Refugiadas fica em exibição na Estação Aeroporto da CPTM até 12 de maio de 2020, diariamente das 4h40 às 0h.

Projeto Estação das Artes

O projeto Estação das Artes é fruto da parceria da Secretaria de Cultura de Guarulhos com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que abriu espaços em suas estações para a realização de atividades ligadas à promoção da saúde e do bem-estar dos usuários, incentivo à leitura, mostras artísticas, exposições, apresentações e manifestações culturais de artistas e instituições parceiras.

A iniciativa tem por objetivo levar para as estações um pouco da produção dos artistas guarulhenses, como aconteceu nas estações Suzano, Engenheiro Goulart e Guarulhos-Cecap, que receberam apresentações culturais e intervenções artísticas.

Serviço

Abertura Oficial com Apresentação Musical

Data: 13/03, às 17h30

Exposição Vidas Refugiadas

Data: de 13 de março a 12 de maio, das 4h às 0h

Local: Estação das Artes – Estação Aeroporto – CPTM.

Avenida Marginal do Rio Baquirivu, 3.300, Parque Cecap

Entrada Gratuita

Classificação Livre