Festival Filme Possível abre inscrições para cursos, palestras e exibição de curtas

Foto: CoWomen/Pexels

O conceito é trazer o que é “possível” e concreto diante das condições materiais e cinematográficas existentes

Entre os meses de janeiro e abril, Guarulhos recebe o Festival de Cinema Filme Possível. A iniciativa oferece cursos, exibição de curtas e palestras para complementar a formação de artistas e cineastas envolvidos com a produção audiovisual da cidade.

Para participar, os interessados devem se inscrever através do site do festival. Além de fortalecer o setor audiovisual e ampliar a oferta de produtos dessa área, a curadoria do evento buscou diferentes olhares pelo Brasil para fomentar o diálogo com a produção local e servir de inspiração para viabilizar obras rodadas na cidade.

A programação do Filme Possível conta com cursos e encontros virtuais sobre temas diversos, dentre os quais roteiro, linguagem visual, mentoria de projetos, produções de baixo orçamento, estereótipos femininos no audiovisual, entre outros. O festival será totalmente gratuito e as atividades serão realizadas em plataformas digitais em decorrência da pandemia

O evento também abriga a realização da Mostra Guarulhense de Curtas, com trabalhos produzidos em Guarulhos e/ou elaborados por realizadores guarulhenses com data de estreia entre 2018 e 2020. As inscrições para a Mostra Guarulhense de Curtas vão até o dia 5 de fevereiro.

O conceito é trazer o que é “possível” e concreto diante das condições materiais e cinematográficas existentes, ao mesmo tempo em que se instiga e se propõe novas possibilidades de realização aos participantes, que terão contato com diferentes produtores durante as atividades.

O Festival de Cinema Filme Possível é um dos 131 projetos aprovados pelo fundo municipal de Guarulhos, FunCultura, contemplado com recursos federais da Lei Aldir Blanc (14.017/2020), que prevê auxílio emergencial para o setor cultural durante o estado de calamidade pública causado pela pandemia da Covid-19. Dessa forma, os recursos recebidos para a execução do projeto vão movimentar a cadeia do setor cultural e beneficiar artistas, produtores e técnicos, entre outros.

No encerramento do festival, previsto para o mês de abril, acontece ainda um encontro com grandes nomes do mercado audiovisual, com mostra dos dez projetos desenvolvidos no curso “Mentoria de Projetos”.