Lázaro é morto em Goiás após troca de tiros com a polícia

Foto: Reprodução

O fugitivo era procurado por uma megaoperação policial desde o dia 09 de junho

Condenado por uma série de assassinatos e estupros, Lázaro Barbosa, 32 anos, foi morto após ser baleado nesta segunda-feira (28), em Goiás, segundo a polícia. No Twitter, o governador do Estado, Ronaldo Caiado (DEM) havia confirmado a informação de que o foragido tinha sido preso.

“Acabo de receber neste momento uma informação de todas as forças de segurança que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso”, confirmou o governador.

Lázaro era procurado pela justiça por crimes praticados na Bahia e em Goiás. Além disso, o fugitivo também é acusado pela morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal (DF). O caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás, também foi vitima do serial killer.

Uma força-tarefa com mais de 200 policiais de diferentes batalhões e cães farejadores foi iniciada em 09 de junho para capturar Lázaro, após os crimes cometidos. Ao longo das operações, duas pessoas foram presas por auxiliar o fugitivo.