125 mil pessoas do grupo de risco serão vacinadas em Guarulhos nas primeiras etapas de imunização

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O prefeito afirmou que vai visitar fábrica da Coronavac no Institito Butantan na semana que vem

Após o anúncio do Governo do Estado sobre a Coronavac e as declarações do Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello nesta quinta-feira (07) sobre o cronograma de vacinação, a região leste da Grande São Paulo conhecida como Alto Tietê que contempla o município de Guarulhos já articula a logística para aplicação das doses a partir de 25 de janeiro.

O Prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) afirmou na noite desta quinta que não vai politizar a questão, “Se o governo do estado mandar uma quantidade X e o governo federal mandar Y, nós queremos é vacinar a população guarulhense e não importa a origem da vacina,” disse.

Segundo Guti, no próximo dia 13 ele vai visitar as instalações do Instituto Butantan que produz a coronavac e na mesma data pretende assinar um termo de compromisso para compra de doses da vacina. O município tem 12 milhões do orçamento de 2021 para compra do imunizante contra o coronavírus.

Segundo os cálculos divulgados pelo prefeito e o secretário adjunto da pasta da saúde, cerca de 125 mil pessoas devem ser imunizadas na cidade até março. A estimativa é que 5 mil pessoas sejam atendidas por dia, mas as informações ainda são preliminares.

Também nas próximas semanas, o prefeito vai visitar o laboratório Inovat que está localizado no Anel Viário em Guarulhos e vai produzir a vacina russa sputnik. Ainda na live desta quinta, guti sinalizou que estuda suspender o ponto facultativo de carnaval entre 12 e 17 de fevereiro.

O Secretário Municipal de Saúde, José Mário Clemente está ausente, segundo Guti por problemas de saúde e somente no dia 19 deste mês retorna as atividades na pasta. Especula-se que o médico deverá continuar como titular da secretaria pelo próximo ano.