Avenida Natalia Zarif, no Taboão está há mais de 8 meses com obra viária inacabada

Foto enviada por um leitor GO

Já são quase 5 meses de pandemia, quase 9 meses do ano de 2020 e de lá para cá, muitas coisas mudaram na rotina da cidade. Mas, uma coisa não mudou, o problema gerado por obras que estão paradas e sem previsão de término.

Como é o caso da obra viária no começo da avenida Natalia Zarif no Taboão, quem passa por ali espera a revitalização da via para melhorar o fluxo de veículos e pedestres. A região dá acesso à Praça 8 de Dezembro, o terminal de ônibus Taboão, a estação de trem e ao Aeroporto.

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) esclareceu que a obra é particular e de responsabilidade da empresa Sanca Galpões e foi embargada para uma pequena alteração.

Essa é a segunda vez, este ano o Guarulhos Online reporta esse caso, na primeira publicação em nossas redes sociais em fevereiro de 2020, nós procuramos a empresa e não fomos atendidos. Novamente, entramos em contato e não tivemos resposta.

Mas, isso ocorreu no início deste ano e mais de oito meses depois, a obra segue paralisada e causa insatisfação de quem passa por ali. A região tem trânsito de veículos pesado no fim da tarde e inúmeras reclamações de motoristas. Já os pedestres reclamam das travessias.

A pasta responsável informou que após uma nova apresentação de projeto por parte da empresa, ela foi liberada para execução, mas acabou paralisada em razão da pandemia de coronavírus, ou seja não tem data para retornar.

A nota enviada pela assessoria da prefeitura informa que a obra é resultado de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). Mas, declarou que a fiscalização e autuações são feitas diariamente pelos agentes. Entretanto, quem passa por ali relata que não há fiscalização.

Ainda segundo o esclarecimento, a sinalização viária do local como pintura de faixa de pedestres, ativação de semáforos só poderão acontecer após a conclusão. A entrega da obra beneficiaria tanto quem passa por ali, quanto aos servidores do Centro Logístico.

Ajuste total da via

Com relação ao recapeamento da via, a Secretaria de Obras informou que o Programa de Readequação do Rio Baquirivu-Guaçu anunciado recentemente pela atual administração municipal contempla a adequação do corredor viário.

Segundo o projeto, 3,5 km da avenida Jamil João Zarif e 4 km da avenida Natalia Zarif receberão melhorias após obras de macrodrenagem no rio. Além de requalificação outros 23 km de vias urbanas com a melhoria de travessias viárias e pontes na região.

*A reportagem segue aguardando posicionamento da Sanca Galpões para atualização.