Coleta de Lixo pode ser prejudicada pelo impasse sobre o aterro do Cabuçu

0
4
Foto: Movimento Cabuçu é Pulmão

O sindicato responsável pela coleta de lixo na cidade se manifestou hoje (20) por meio de uma carta aberta à população em que ratifica o possível estado de greve caso e o comprometimento da coleta nos próximos dias. O comunicado ressalta ainda que cidades vizinhas à Guarulhos, inclusive a capital descarta lixo no local e que devido a demanda o descarregamento dos caminhões pode chegar até 4 horas.
Foto: Divulgação Redes Sociais

O Movimento Cabuçu é Pulmão declarou em publicação nas redes sociais questionamentos a respeito do caso “Esse ultrapassado e poluente modelo atende interesses obscuros  em detrimento da coletividade e não um modelo sustentável e moderno que gera trabalho e renda.” O debate e ações de políticas públicas participativas e voltadas ao bem comum e a ecologia integral não pode parar. O que nos motiva é a implantação de um modelo sustentável de acordo com a Constituição, legislações e dados científicos”.

Em nota a prefeitura se manifestou hoje (20), “Visando a normalidade do serviço de coleta de lixo domiciliar em toda a cidade, a Secretaria de Serviços Públicos informa que realizará na manhã desta sexta-feira (21), reunião de negociação com o sindicato representante da categoria”.
Disse ainda: “Não houve contato do sindicato relatando quaisquer dificuldades em relação aos problemas ocasionados pelas fortes chuvas dos últimos dias, para descarregar os caminhões no aterro sanitário. No entanto, o poder público não encontra em tal situação motivo para a paralisação deste serviço essencial a cidade e espera contar com o bom senso da categoria e de seus representantes, tendo em vista o bem-estar da população.”
A reportagem do Guarulhos Online questionou a ausência de coleta denunciada pelos leitores GO, na semana passada e na última terça-feira (18). Por meio de nota e também nas redes sociais a prefeitura se manifestou com a seguinte afirmação:
Foto: Reprodução/Facebook 19/02/20