Eduardo Barreto quer implementar transporte alternativo para resolver problema de frota reduzida em Guarulhos

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

Candidato alega que o sistema atual beneficia as empresas de ônibus e prejudica o município

O candidato a Prefeito, Eduardo Barreto (POS), disse em entrevista concedida ao Guarulhos Online, ser a favor do retorno do transporte alternativo em Guarulhos. Barreto alegou falta de carros no transporte municipal e afirmou que irá implementar, já no primeiro mês de mandato, caso eleito, a volta das lotações.

Eduardo traçou um paralelo com a cidade de Campinas, que fica no interior do estado, para demonstrar o quanto considera defasada a frota de Guarulhos.

“Para você ter uma, juntando os micro-ônibus e os ônibus estruturais da cidade de Guarulhos nós temos um pouco mais de 880 ônibus na nossa cidade, enquanto Campinas, que tem quase que o mesmo número de habitantes e é uma economia muito parecida com a nossa, com a principal diferença que enquanto Guarulhos tem 320 km quadrados, Campinas tem 230 Km quadrados, ou seja, é um terço menor falando em questões territoriais, só que Campinas tem mais de 1.200 ônibus nas suas linhas municipais. É um terço menor territorialmente falando, só que um terço maior quando oferece essa proposta do número de ônibus municipais”.

O candidato não concorda com a atual fórmula utilizada, criticou o bilhete único e o novo contrato firmado entre o poder público municipal e as empresas de ônibus que foi renovado por mais 10 anos em 2020.

“O transportes alternativo que funcionava como se fosse um “transporte competitivo”, e como o próprio nome já fala, alternativo a esse Cartel que a gente vê colocado na cidade de Guarulhos que são sempre as mesmas empresas oferecendo ônibus com condições precárias com passagens que a gente sabe que são muito caras, além de tudo com uma conta para o município pagar, porque só de subsídio a cidade de Guarulhos paga mais de 50 milhões por ano para as empresas de ônibus.”

Além da volta do transporte alternativo, Barreto defende também a volta da circulação dos ônibus pelos bairros, que segundo ele, deixou de acontecer com a implementação do bilhete único.

“Essa é uma das nossas propostas voltar essas linhas de ponto-a-ponto, ônibus que saem dos bairros e não tem necessidade de passar por dentro dos terminais”

O candidato afirmou que a fiscalização para esse projeto é possível e será feita pela Secretaria Municipal de Trânsito.