Em Guarulhos, 43 comércios foram autuados na primeira semana da fase emergencial

Foto: Divulgação/PMG

Entre os estabelecimentos estão casas noturnas, bares e restaurantes; uma escola foi interditada

A Prefeitura de Guarulhos autuou, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU), 43 estabelecimentos comerciais por descumprir as regras de contenção ao coronavírus. Desde o dia 15 de março, a fase emergencial está em vigor no Estado e seguirá até o fim deste mês.

De acordo com a administração municipal, entre os estabelecimentos autuados estão 15 bares, 13 adegas, quatro casas noturnas, uma padaria, sete restaurantes, uma perfumaria, um depósito de pneus e uma loja de departamentos. Houve, também, auto de interdição à uma escola infantil que estava funcionando e atendendo presencialmente, na Ponte Grande.

Durante a fase emergencial do Plano São Paulo, a retirada de produtos/alimentos, em todos os setores, deve acontecer apenas por drive-thru ou delivery. Lojas de materiais de construção não podem oferecer atendimento presencial ao público. Além disso, celebrações religiosas coletivas e atividades esportivas coletivas também não podem ocorrer.

Para denunciar estabelecimentos que estejam descumprindo a determinação sobre a suspensão das atividades, a população pode ligar para o 153 da Guarda Civil Municipal (GCM) ou para os telefones 2453-6700 / 6701 / 6705, da SDU.