Hospital de Campanha de Guarulhos deve ser desativado no início de setembro

Foto: Divulgação/PMG

O Hospital de Campanha de Guarulhos, que foi criado para atuar no combate ao novo coronavírus, deve ser desativado nas próximas semanas. O contrato de prestação de serviços do Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos (3C-GRU), localizado no Parque Cecap, termina dia 4 de setembro e não deve ser renovado.

Segundo a administração pública, a atual situação epidemiológica do município favorece a desmobilização do hospital. No último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde, por exemplo, Guarulhos apresentou uma taxa de cura de 91% para a covid-19, com letalidade 6,11%.

Outro fator que contribui para o fechamento do complexo é a taxa de ocupação de leitos na cidade, que neste momento é de 68,9% em UTI e 53% em enfermaria.

O Guarulhos Online teve acesso a um documento oficial que aponta que, desde a última segunda-feira (17), a desmobiliação já acontece no 3C-GRU e que gradualmente os pacientes passarão a ser encaminhados para outras unidades de saúde.

O hospital foi inaugurado no dia 7 abril e possui 70 leitos. Até esta quarta-feira (19) haviam 34 pacientes internados, sendo 12 em UTIs, 19 nas enfermarias e três em observação.