Sabesp suspende cortes e renegocia débitos de clientes comerciais

Foto: Divulgação/Sabesp

Medida visa minimizar impactos econômicos em estabelecimentos e serviços que estejam nas fases laranja e vermelha do Plano SP

A Sabesp vai suspender cortes e renegociar débitos de clientes comerciais  e  de  serviços dos municípios operados no Estado de São Paulo que  estejam nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo, como é o caso de Guarulhos, atualmente na fase laranja.

As medidas passaram a valer a partir desta quarta-feira (03) e vão até o final de março de 2021. Segundo o governo estadual, 680 mil de estabelecimentos do segmento Comercial e de Serviços que tenham consumo de até 100m3/mês serão beneficiados, a ideia é minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia pelo coronavírus.

Nos municípios inseridos nas fases laranja e ermelha, os débitos existentes com a Sabesp, incluindo os acordos firmados durante o período da pandemia, poderão ser renegociados sem aplicação de multa e juros, apenas correção monetária. O prazo para parcelamento será de 12 meses, a contar a partir da repactuação dos saldos em aberto.

Além disso, nos municípios que estejam nas fases laranja e vermelha, não haverá nenhuma ação de negativação por débitos por parte da Sabesp, também até o fim de março deste ano, e os estabelecimentos que eventualmente tenham sido negativados durante a pandemia terão os efeitos suspensos imediatamente após a repactuação dos débitos com a empresa.

Para renegociação, deve-se entrar em contato com a Sabesp pelos telefones 0800 011 9911 (Região Metropolitana) e 0800 055 0195 (Interior e Litoral).