Como lidar com perdas e luto?

Foto por Pressfoto

No decorrer da vida nos deparamos com diversas perdas. Ao falar sobre o tema, você pode pensar imediatamente na morte de alguém. Por isso, quero ampliar a sua visão, e afirmo que existem outros diferentes tipos de perdas. 

A mudança de cidade, demissão do trabalho, separação dos pais, fim de um relacionamento, a própria autonomia por conta de um acidente, um aborto ou até a transição de fase como da infância para adolescência são perdas.

A resposta psicológica mais comum diante de uma perda é a negação. Ninguém quer lidar com ela, a verdade é que nunca queremos perder nada. E, quanto mais inesperada, mais difícil é de lidar com a perda e com o luto que é desencadeado, trazendo consigo muitas emoções.

O luto é um processo de vivência natural da vida. Manifestado através de reações e sensações diversas frente a uma perda significativa. É um acontecimento que gera muito estresse, acarretando impacto psicológico e físico no enlutado.

 No início da vivência de um luto a melancolia fica muito evidente. A tristeza, o medo e uma sensação de impotência aparecem de forma intensa.

A principal tarefa do luto está relacionada a processos psicológicos, onde a pessoa deve se desvincular do que foi perdido. Também é uma fase de adaptação da vida e da rotina após uma perda.

É o momento de buscar um novo rumo e sentido de existência, de acordo com a subjetividade humana. Pois, a maneira como uma pessoa lida com o luto varia em cada indivíduo.

Para lidar com as emoções no luto é importante respeitar seus próprios limites e desejos. Reconhecer e compartilhar a realidade da perda e investir em novas relações e metas de vida.

A elaboração do luto pode variar de dias, semanas e meses.

Em alguns casos, o apoio psicológico é muito importante para permitir que a pessoa expresse suas emoções de maneira saudável.

*Ana Paula Souza é Psicóloga Clínica com experiência em atendimentos de adolescentes e adultos Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental Aperfeiçoamento em Perdas, Luto, Depressão e Ansiedade Extensão em Saúde Mental e Cuidados no Acolhimento ao Luto em Situação de Crise Palestrante em Saúde Mental, Educação e Desenvolvimento Pessoal Consultora de Recursos Humanos e Desenvolvimento Pessoal Membro da Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio (ABEPS).