Após Guarulhos bater 100% de ocupação em leitos Covid-19, Guti cogita reabrir Hospital de Campanha

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

Depois de um período afastado de lives nas redes sociais, o Prefeito Guti (PSD) retornou às transmissões neste domingo (15) para tratar dos números alarmantes da pandemia. Segundo o prefeito, Guarulhos bateu neste fim de semana, cem por cento de ocupação em leitos de Covid-19.

A administração municipal teme que esse percentual continue batendo recorde pelos próximos dias, isso porque, a cidade tem também, o sistema particular de hospitais sem vagas. Na ocasião, Guti sinalizou que cogita instalação de um novo hospital de campanha no município.

Segundo ele, a unidade pode ou não ser instalada no mesmo local, no Pq. Cecap e a fala vai de encontro com o pior cenário da pandemia que não se concentra somente em Guarulhos. A região do Alto Tietê também tem vários hospitais sem leitos disponíveis.

“Não estou sendo alarmista, estou sendo realista, mas dias piores, semanas piores e muito difíceis vão vir, mas a população tem que fazer sua parte, não dá pra achar que dá pra fazer lazer, não temos vacina para todo mundo, o sistema particular já colapsou,” desabafou Guti.

As regras do Plano São Paulo dividiram a Grande São Paulo em blocos de municípios para a tomada de decisões diante da pandemia. Guarulhos integra o Condemat, consórcio de cidades da região que possibilita acordos como a transferência de pacientes entre os consorciados.

Mas, a situação se mostra complexa, já que além da falta de equipamentos e hospitais para instalação, faltam profissionais de saúde capacitados para atuar na área. Mesmo assim, o prefeito afirmou que não falta oxigênio destinado à pacientes com Covid-19 na cidade.

De acordo com Guti, Guarulhos tinha 73 leitos de UTI antes da pandemia, hoje possui 177 leitos de UTI na rede pública, ou seja 104 a mais. Se somados aos leitos contratados na iniciativa privada, são 273 alas para exclusivas para infectados pelo coronavírus da rede SUS.

Por outro lado, a Secretaria de Saúde informou na última quinta (11) ao GO que Guarulhos possui 281 leitos para essa função, segundo nota da pasta são 136 unidades clínicas mais 145 UTIs. São 8 leitos de diferença entre os dados apontados pelo Prefeito e pela Saúde Municipal.

Há pouco mais de duas semanas, o Condemat vinha cobrando o Governo Estadual para contratação de leitos para a região. O governo de Doria se comprometeu a custear 29 leitos em Guarulhos, sendo 20 de UTI e 9 de enfermaria, conforme divulgado pela prefeitura.

Por outro lado, a comunicação sinalizou também em nota ao GO, que desde a semana passada, não obteve informações oficiais sobre a logística para ampliação de leitos de UTI Covid custeados pelo estado.