Butantan entrega mais 1,1 milhão de doses da coronavac ao Ministério da Saúde

Foto: Divulgação/Governo de SP

Deste total, 248 mil doses ficarão em São Paulo, seguindo critério de proporcionalidade e equidade estabelecido pelo SUS

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (05) a liberação da quarta entrega de doses da vacina do Butantan contra o coronavírus para o Brasil. A remessa, que saiu no início da tarde, conta com 1,1 milhão de doses que integrarão o Programa Nacional de Imunizações.

Deste total, 248 mil serão destinadas ao Centro de Distribuição e Logística da Secretaria da Saúde de São Paulo, seguindo critério de proporcionalidade e equidade estabelecido pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Segundo Doria (PSDB) nove a cada dez vacinas contra a Covid-19 aplicadas no Brasil são doses do Instituto Butantan. Até 31 de janeiro, conforme cronograma estabelecido com o contrato com o Ministério da Saúde, foram entregues 8,7 milhões. Destas, 6 milhões foram enviadas em 17 de janeiro, 900 mil no dia 22 e 1,8 milhão em 29 do mesmo mês.

Com a nova remessa desta sexta-feira, o total de doses liberadas soma 9,8 milhões. O lote entregue hoje contempla doses que foram processadas no Instituto Butatan a partir de matéria-prima encaminhada em dezembro pela Sinovac, na China.

Este IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) foi envasado, rotulado, embalado e passou por criteriosas inspeções de qualidade antes de ser disponibilizado para a população. Na quarta-feira (03) chegaram ao país mais 5,4 mil litros de insumos correspondentes a 8,6 milhões de novas doses a serem produzidas.

Na próxima semana o Instituto receberá mais 5,6 mil litros de IFA que corresponderão à produção de mais 8,7 milhões de doses. Essas novas remessas que serão envasadas passam a ser entregues ao Ministério da Saúde a partir do dia 23 de fevereiro.