Covid-19: para reduzir risco de contágio, Guarulhos pode usar teste de saliva nas blitze

Foto: Divulgação/PMG

Conhecido como “Kit Presto Saliva Álcool”, o teste é uma alternativa para substituir o bafômetro tradicional

Nesta quarta-feira (13), o Grupo de Segurança Viária de Guarulhos, sob a coordenação da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana, se reuniu por meio de videoconferência para discutir as principais ações a serem desenvolvidas nos próximos meses para a melhoria do trânsito da cidade.

Na reunião foi apresentado um novo kit, do Laboratório Maxilabor, para identificar motoristas alcoolizados nas blitze da Lei Seca dentro do município, que, segundo informações da Prefeitura, demonstra ser o meio mais seguro a ser utilizado nesse período de Covid-19.

Conhecido como Kit Presto Saliva Álcool, ele é uma alternativa para substituir o bafômetro passivo nas operações da Lei Seca. O grupo está estudando a possibilidade de utilizar o novo método nas blitze , diminuindo assim a possibilidade de contágio pelo sopro direto no bafômetro, que não está sendo usado durante o período de pandemia.

Segundo a administração municipal, a utilização do kit seria uma maneira de retomar as blitze da Lei Seca.

Em 12 edições, a Blitz Integrada da Lei Seca já efetuou a fiscalização de 8.552 motoristas, resultando em 394 autuações por alcoolemia e 29 flagrantes criminais, além de 356 recusas.

Funcionamento do Kit

O teste é feito pelo contato da saliva com uma fita descartável que vem embalada, o resultado mostra se o condutor ingeriu bebida alcoólica e é obtido em apenas 20 segundos. Os testes com o novo kit após a análise revelaram eficácia de 100%.