Governador de São Paulo anuncia quarentena até 7 de abril e repasses do estado aos municípios

Foto: Reprodução/ Internet

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (26) durante entrevista coletiva que a quarentena no estado está mantida até 07 de abril. Mas, as autoridades tem se desdobrado para medidas no campo econômico que está sendo amplamente prejudicado pelas restrições impostas pela doença.

Nesse sentido, João Dória anunciou o montante de R$ 218 milhões para distribuição inicial aos 80 municípios do estado com mais de 100 mil habitantes. Os valores devem ser aplicados integralmente em ações de combate ao Covid-19. De acordo com o governador, essas cidades serão referência médica de combate a doença.

Dos 645 municípios no estado, aqueles com menos de 100 mil habitantes também receberão posteriormente, valores para atendimento secundário de cunho médico e sanitário de pessoas em vulnerabilidade social. Questionados sobre o assunto, o Secretários da Saúde e do Desenvolvimento do Estado justificaram que o foco está na região metropolitana que concentra casos de maior complexidade.

João Dória reforçou ao lado de seus técnicos do Comitê de Crise para Combate do Coronavírus no Estado, Helena Satto e José Henrique German, o pedido de que as pessoas fiquem em casa e respeitem as recomendações de saúde. Ele defendeu ainda que os religiosos sigam promovendo missas e cultos de forma online.

Repasse de Verba da Federação

O Ministro da Saúde José Henrique Mandetta anunciou hoje (26) a liberação de mais R$ 600 milhões para estados e municípios. Outros R$ 400 milhões já haviam sido enviados anteriormente. Agora, estados devem informar o ministério sobre os municípios com atendimento de maior complexidade para que o repasse seja feito.

De acordo com o ministério, a distribuição do recurso é proporcional ao número de habitantes de cada estado, que deverá definir os locais de atendimento de maior complexidade e, assim, maior necessidade de reforço orçamentário.