Guti antecipa que comércio não essencial vai funcionar com horário reduzido

Foto: Reprodução/Facebook

Nesta segunda-feira (01) durante transmissão nas redes sociais, o prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) ao lado do secretário de justiça Airton Trevisan adiantaram que o decreto de flexibilização da quarentena em Guarulhos deve ser publicado amanhã (02).

“Temos um planejamento, mas, se os índices de isolamento caírem e a ocupação de leitos de UTI subir de forma desproporcional, nós teremos que recuar” enfatizou Guti. Na ocasião, a autoridade municipal não detalhou a aquisição dos leitos privados de UTI.

De acordo com o advogado e professor Jeferson Pedro da Costa, a medida discutida em Guarulhos e em outras cidades é precipitada. Ele aponta que a tentativa de reabertura ausenta a responsabilidade do avanço da Covid-19, por parte do poder público e coloca-o diante do cidadão.

“Diante da inércia do Estado de prover o social à população durante a pandemia que ainda não chegou ao pico, essa retomada está sendo articulada puramente pelo lado político. A incapacidade dos gestores a tornou inevitável apontou.

O Prefeito adiantou que o comércio a ser aberto deverá funcionar entre 10h e 16h para driblar os picos de trânsito. As regras valem para o que não é essencial. Já o setor de serviços terá horários reduzidos, entre às 9h e às 15h.

Nas atividades não essenciais, não será permitido que pessoas acima dos 60 anos circulem por esses locais e estabelecimentos. A Prefeitura não informou como será feita a fiscalização das novas regras por parte dos órgãos públicos.