Letalidade pela Covid-19 cai em Guarulhos, mas Guti diz que é cedo para desativar leitos

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Guarulhos registrou nesta segunda-feira (03) 14.200 pessoas recuperadas da Covid-19 na cidade. Até o momento, há 15.897 casos confirmados e 1.086 mortes, além de outras 16 que seguem em investigação. O índice de cura chegou a 89,6%.

Durante live nas redes sociais, o Prefeito Gustavo Henric Costa afirmou que apesar da alta taxa de cura, ainda é cedo para desativar leitos de UTI destinados à Covid-19. Alguns desses leitos estão alocados em três hospitais privados da cidade e se somam ao hospital de campanha.

Segundo a secretaria de saúde municipal, o mês começa com a menor taxa de letalidade da Covid-19 já registrada desde o início da pandemia. No Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos, nove altas foram registradas somente nesta segunda-feira.

Além disso, há 44 pessoas em tratamento no local, sendo 23 nas enfermarias, 18 em UTIs e três em observação e uma transferência. Nos demais hospitais sob gestão municipal a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 ficou em 74,3%, enquanto a de enfermaria se manteve em 61,4%.

De acordo com o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira, mais sete mortes pelo novo coronavírus foram confirmadas, todos elas ocorridas em julho. Dos sete óbitos confirmados três são mulheres e quatro homens, dois deles estão na faixa etária de 60 a 69 anos e cinco entre pessoas de 70 a 79 anos.