Ministério da Educação não sabe quantos alunos assistem aulas online

Foto: Thinkstock/Getty Images

O Ministério da Educação revelou nesta segunda-feira (03) que não tem registros oficiais que somatizem se os alunos da redes pública de ensino pelo país estão fazendo aulas online.

O ofício foi assinado na semana passado pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, e encaminhado à Câmara dos Deputados. Alguns parlamentares solicitaram do MEC dados oficiais sobre o ensino remoto.

Entretanto, o documento dizia que o ministério “não dispõe de informações acerca do número de alunos da rede pública de ensino do país que estão tendo teleaulas e aulas online até o momento”.

Um grupo de deputados quer propor na Câmara a discussão de um projeto que crie o Sistema Nacional de Educação, nos moldes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) promoveram uma pesquisa sobre ensino remoto, mas apenas 71% das redes municipais responderam.

A falta de dados evidencia a ausência de um plano do governo para a educação nos próximos meses. Hoje, o secretário de educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares declarou que a volta às aulas prevista para setembro, ainda é incerto.