Por decisão judicial, Guarulhos não pode reabrir restaurantes, academias e igrejas na semana que vem

Foto: Reprodução/Facebook

O Prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) afirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta sexta-feira (03) que vai recorrer da decisão judicial que obriga Guarulhos a continuar com bares, restaurantes, academias e igrejas fechados. A cidade previa reabrir esses e outros setores a partir de segunda-feira (06).

A cidade não avançou para a fase amarela segundo o cronograma do estado, divulgado na semana passada. Entretanto, a Prefeitura de Guarulhos pretendia avançar com novas reaberturas porque segundo o Prefeito Guti, ‘a cidade tem números para isso’.

O atual decreto em vigência será suspenso de acordo com a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo. O documento aponta que Guarulhos deve seguir os parâmetros do Governo do Estado que deixou a cidade na fase laranja do plano econômico.

“Eu sou um legalista e a gente tem que cumprir a decisão, mas na terça-feira (07) entraremos com recurso para derrubar “ afirmou Guti. A autoridade municipal acredita que a abertura do comércio em algumas cidades e o fechamento em outras acarreta na migração das pessoas.

Essa medida, segundo o governo municipal eleva o risco de contaminação, além de desfavorecer a economia local, já que muita gente vai procurar outras cidades para consumir. Um novo decreto deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (06) descrevendo as regras a serem seguidas.