Percentual de desocupados no Brasil subiu 0,8 ponto no 1º trimestre, diz IBGE

Foto: Agência Brasília

Números totalizam 14,8 milhões brasileiros em busca de emprego

Segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada nessa quinta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desocupação no Brasil subiu 0,8 ponto percentual, totalizando 14,8 milhões brasileiros em busca de emprego.

Com isso, o percentual fechou o primeiro trimestre de 2021 em 14,7%, na comparação com o último trimestre do ano passado, representando a maior taxa desde 2012.

Já o número de pessoas ocupadas ficou estatisticamente estável na comparação com o último trimestre de 2021, com 85,7 milhões, e o nível de ocupação caiu 0,5 ponto percentual, para 48,4%

Nas categorias de trabalhadores, o IBGE aponta que houve redução de 2,9% dos empregados do setor privado sem carteira assinada, totalizando 9,7 milhões. A única categoria que apresentou aumento na ocupação foi a que engloba trabalhadores por conta própria, que subiu 2,4%, e agora representa 23,8 milhões de brasileiros.