20.1 C
Guarulhos
seg, 29 nov 2021
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Doria e Leite disputam prévias do PSDB à presidência, mas erro no aplicativo suspende votação

- PUBLICIDADE -

A nova data ainda não foi definida pelo partido, a votação é composta por filiados que escolherão quem será o representante dos tucanos em 2022

Três pré-candidatos às eleições presidenciais de 2022 disputaram as prévias do PSDB neste domingo (21), mas uma instabilidade no aplicativo que registrava os votos suspendeu a votação que deve ser retomada nos próximos dias, mas sem data definida.

A disputa está entre o Governador de São Paulo, João Doria, o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio. Por meio de nota, Doria e Virgílio se pronunciaram sobre o ocorrido, veja a seguir a íntegra:

Nota de Doria e Virgílio

Desde o início do processo de prévias, as campanhas dos candidatos do PSDB à presidência da República, João Doria e Arthur Virgilio, defenderam a ampla participação de todos os filiados.

Defenderam também a utilização de urnas eletrônicas, que regem o sistema eleitoral brasileiro de forma segura, simples e transparente.

Foi alertado durante todo o processo sobre a fragilidade do aplicativo e os problemas de instabilidade e insegurança que o modelo proposto poderia trazer para as primárias.

Mesmo diante dos alertas de ambas as campanhas e da Kryptus, auditoria contratada pelo próprio partido para garantir a lisura da eleição, a direção do PSDB optou por manter o contrato com a FAUGRS (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sediada em Pelotas) e o uso da plataforma.

Diante das inúmeras falhas do próprio aplicativo, ocorridas durante o todo o processo de votação, neste domingo (21), se faz necessário o ajuste imediato do aplicativo.

É urgente retomar o processo de escolha do candidato em respeito aos filiados tucanos e o seu direito de votar.

Tanto Doria quanto Arthur Virgílio defendem a data do dia 28 de novembro, próximo domingo, para que o processo de prévias se encerre de forma rápida, eficiente e justa. Lembrando que o prazo já era previsto em resolução pela Comissão das Prévias como um possível segundo turno.

Prolongar ainda mais o processo de prévias seria um desrespeito aos filiados tucanos e ao processo democrático.

Já o tucano Eduardo Leite, expoente na disputa com Doria pela vaga à presidência, questionou o ocorrido e cobrou celeridade no novo processo. Veja a seguir:

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

28,959FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,127SeguidoresSeguir
2,770InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS