Governo de SP solicita prorrogação do contrato de mais de 18 mil professores temporários

Foto: Divulgação/Governo de SP

Solicitação é para professores da categoria O; pedido também contempla agentes de organização escolar

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) deu início ao processo para solicitar a prorrogação do contrato de 20.014 funcionários temporários. A medida, se aprovada, permitirá que 18.662 professores categoria O e 1.352 agentes de organização escolar, que teriam seus contratos encerrados neste ano, atuem até o final de 2022 nas escolas da rede estadual.

O secretário da Educação Rossieli Soares afirmou que foi solicitado à Procuradoria Geral a prorrogação dos contratos firmados em 2018, que, em tese, vencem no final de 2021. De acordo com Rossieli, há expectativa de que consigam o adiamento do contrato.

Para que seja autorizada, a prorrogação ser encaminhada como projeto de lei para a Assembleia Legislativa (ALESP) para aprovação.

Outro pedido da Seduc-SP em andamento é a autorização de contratação de 8 mil agentes de organização escolar. Segundo a Secretaria, ainda para o ano letivo de 2022 devem ser contratados entre 20 e 30 mil professores.