Governo do Estado antecipa reabertura de cinemas, teatros e academias

Imagem: Reprodução/Facebook

O governo de São Paulo anunciou em coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, nesta sexta-feira (03), a antecipação da autorização de reabertura de teatros, cinemas, salas de espetáculo, academias e a realização de eventos culturais para regiões que estejam na fase amarela do Plano São Paulo (plano responsável pela gestão estadual de flexibilização gradual da quarentena).

As regras para a retomada das atividades culturais são as seguintes:

  • Ocupação máxima de 40% no evento;
  • Uso obrigatório de máscara;
  • Venda de ingressos exclusivamente online;
  • Assentos marcados respeitando o distanciamento social;
  • Alimentos e bebidas não poderão ser consumidos;
  • Adoção de protocolos específicos a serem divulgados de maneira prévia;
  • Eventos deverão controlar o acesso e o número de pessoas, observando a lotação máxima;
  • Funcionamento de até 6 horas por dia;

Já as academias, poderão ser reabertas seguindo os seguintes parâmetros:

  • Funcionamento reduzido de 6 horas diária;
  • Uso de máscara obrigatório;
  • Agendamento prévio de clientes;
  • Respeitar a capacidade máxima de 30%;
  • Apenas aulas individuais são permitidas;
  • Protocolos específicos para o setor ainda terão que ser aprovados;
  • Utilização de chuveiros de vestiários está suspensa, sendo permito apenas banheiros abertos;
  • Equipamentos devem ser limpos ao menos 3 vezes ao dia;

A previsão anterior era de que estes setores fossem reabertos somente na fase verde do Plano São Paulo. Atualmente, a região Leste do Estado, que engloba a cidade de Guarulhos, segue na fase laranja e ainda não tem previsão para a reabertura.

O Governador João Doria disse que a classificação das fases dos municípios no Plano São Paulo depende somente de critérios previamente estipulados e que não cederá a pressões populares.

“São Paulo continuará seguindo as orientações da medicina e da ciência. Sem concessões a ideologias, pressões ou propostas populistas”, afirmou.

Restaurantes e bares 

O Plano São Paulo atualizou as medidas de segurança para o consumo em restaurantes, bares e similares, que permite aos que tenham ambientes arejados que possam oferecer a opção de consumo local. É necessário que a ocupação máxima seja de 40% da capacidade dos assentos e que o funcionamento ocorra por no máximo 6 horas, até as 17h. Clientes e funcionários devem usar máscara em todos os ambientes. O atendimento presencial se limitará a ambientes ao ar livre ou arejados, com obrigatoriedade de assentos. 

Fases do Plano São Paulo

  • Fase 1 – Vermelha: Alerta máximo
  • Fase 2 – Laranja: Controle
  • Fase 3 – Amarela: Flexibilização
  • Fase 4 – Verde: Abertura parcial
  • Fase 5 – Azul: Normal controlado