Justiça de SP suspende divulgação de pesquisa para prefeito da capital


O resultado seria apresentado nesta quarta-feira (11) pelo Data Folha

 A Justiça Eleitoral de São Paulo suspendeu na tarde desta terça-feira (10) a divulgação de uma pesquisa de intenção de voto para candidatos à Prefeitura de São Paulo. O pedido de barrar a divulgação partiu do candidato Celso Russomanno (Republicanos).

A campanha do candidato alega que o levantamento estaria “em desacordo com a legislação e a jurisprudência eleitoral”. Em entrevista à jornalistas após o debate realizado pelo jornal O Estado de SP na manhã de hoje, Russomano afirmou manipulação dos dados da pesquisa.

O republicano reclamou à imprensa, sem apresentar provas, que sua coligação “Aliança por São Paulo” está sendo prejudicada pois os números seriam irreais. O Data Folha diz que irá recorrer da decisão. Desde as últimas pesquisas feitas, Russomanno aparece em queda nas intenções de voto.

Em 02 de outubro ele tinha 26% e na pesquisa divulgada ontem (09) o candidato registrou 12%. Queda de 14% dentro deste período de campanha em que cresceu o índice de rejeição do candidato aliado ao presidente Bolsonaro (sem partido).