Mizael Bispo deixa prisão e vai cumprir pena em regime domiciliar em Guarulhos

Foto: Reprodução

Mizael Bispo de Souza, vai cumprir prisão domiciliar em Guarulhos mesmo condenado a 22 anos e oito meses de prisão pelo assassinato da ex-namorada Mércia Nakashima, em 2010. Ele deixou a Penitenciária em Tremembé no fim da tarde desta terça-feira (25).

A soltura veio após determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que o ex advogado cumpra prisão domiciliar por causa da pandemia do novo coronavírus. Mizael não vai usar tornozeleira para monitoramento eletrônico porque não havia equipamento disponível.

Segundo informações preliminares, a defesa teria conseguido um habeas corpus no STJ usando o argumento de que ele faz parte do grupo de risco. A decisão do ministro relator Sebastião Reis Júnior, foi publicada ontem (24) pela corte.

Advogado e policial militar reformado Mizael foi acusado de matar a ex-namorada Mércia Nakashima por ciúmes e vingança depois dela não ter reatado o namoro. O caso ficou conhecido quando o carro e o corpo da advogada foram encontrados dentro da represa de Nazaré Paulista.

A vítima tinha sido baleada e morreu afogada, mas só foi encontrada 20 dias após desaparecer em Guarulhos. O ex PM foi condenado pelos crimes de homicídio doloso qualificado por motivo torpe. Ela tinha 28 anos de idade.