Sábado (05) será ‘Dia D’ da 2ª dose da vacina contra Covid-19 em todo o estado

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Ação é focada em completar a imunização de quem ultrapassou os prazos de 28 dias para a vacina do Butantan e de 12 semanas para a da Fiocruz/Astrazeneca;

O Estado de São Paulo terá no próximo sábado (05), o Dia D para aplicar a segunda dose da vacina contra Covid-19 em quem não compareceu aos postos nos prazos indicados para receber a imunização completa e garantir a proteção contra a doença.

A iniciativa é dedicada exclusivamente a alcançar mais de 400 mil pessoas que não completaram o seu esquema vacinal, ou seja, receberam apenas a primeira dose e perderam o prazo da segunda – 28 dias para a vacina do Butantan e 12 semanas para a da Fiocruz/Astrazeneca.

Levantamento atualizado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira (02), aponta que 442 mil pessoas estão com a segunda dose em atraso, somando 172 mil relacionados à vacina da Fiocruz e 270 mil do Butantan.

Os números de hoje evidenciam que mais de 59 mil pessoas que estavam com esta pendência compareceram aos postos nos últimos sete dias, uma vez que havia mais de 501,6 mil faltosos conforme balanço do dia 28 de maio.

O Governo de SP disse que vai repassar até 03 milhões de reais referentes a etapas (valor extra) para que as prefeituras possam programar e remunerar seus profissionais e equipes que trabalharão no Dia D.

Além disso, a Secretaria da Saúde encaminhou na semana passada, 279.815 doses extras de vacina do Butantan para cerca de 500 cidades utilizarem unicamente para aplicar a segunda dose.

Este número foi informado à pasta estadual pelas próprias prefeituras, em consulta realizada aos 645 municípios pelo Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde) na última semana.

O levantamento foi feito devido à necessidade de garantir proteção adequada para a população, em razão dos apontamentos da necessidade de doses complementares. Os quantitativos de primeira e segunda dose são sempre idênticos, realizados em duas entregas diferentes para que o município realize a aplicação e conclua a imunização.