Vice-prefeito de Arujá é preso por policiais de Guarulhos por suspeita de desvio de dinheiro

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O vice-prefeito de Arujá, Márcio José de Oliveira (PRB), foi preso na manhã desta quinta-feira (30) e encaminhado para o 4º Distrito Policial (DP) em Guarulhos. Ele é suspeito de integrar um grupo que cometia delitos, desviando dinheiro da área da saúde. Ao menos mais cinco pessoas apontadas como integrantes da quadrilha também foram presas.

Ao todo, são 12 mandados de prisão temporária e 20 de busca e apreensão para serem feitos na capital, em Guarulhos, Arujá, Poá, Mogi das Cruzes, Suzano, Itu, Indaiatuba e Bertioga. Seis destes mandados de prisão já foram cumpridos.

A suspeita é de que a Organização Social (OS) contratada pela prefeitura que fica na região metropolitana de São Paulo esteja ligada ao tráfico de drogas.

Entre os presos estão uma gerente do hospital municipal Dalila Ferreira Barbosa, em Arujá, e o membro de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, além de familiares dele.

O homem apontado como o chefe da quadrilha, Anderson Lacerda Pereira, segue foragido desde a primeira etapa da investigação em 3 de junho.

Em entrevista concedida ao G1 o delegado do caso afirmou que, Márcio era vizinho de Pereira, que é dono de 20 casas no mesmo condomínio onde o vice-prefeito foi preso.

*Com informações do G1