CDHU prevê venda de terrenos no Parque Cecap

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) colocou para consulta pública edital de licitação; projeto prevê construção de cinco Centros de Detenção Provisória (CDP)

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), empresa pública vinculada à Secretaria de Estado da Habitação, manterá aberta até o dia 28 de maio consulta pública do edital que prevê a venda de cinco terrenos da CDHU, localizados no Parque CECAP, em Guarulhos., totalizando 238.000 m².

Além disso, o edital também prevê a venda de outra área da Companhia, de cerca de 1 milhão de m², conhecida como Fazenda Albor, localizada nos municípios de Arujá, Guarulhos e Itaquaquecetuba.

O pagamento das áreas à venda será feito mediante a construção, em partes da área da Fazenda Albor, de habitações, em quantidade a ser definida depois da consulta pública, e de um equipamento público de grande porte.

A íntegra do edital de consulta pública e o formulário para apresentação de sugestões podem ser acessados pelo site, clicando aqui.

De acordo com o edital, as áreas do Parque Cecap situam-se nos seguintes endereços: Área 1 e 2 na Rua Odilon Monteiro, Bairro Cumbica; Área 3 na Avenida Odair Santanelli, Bairro Cumbica; Área 4 na Avenida Marginal do Rio Baquirivú – Trecho 1, Bairro Cumbica e Área 5 na Rua Geraldo Alves Celestino, Bairro Cumbica.

A denominada Fazenda Albor originariamente contém a área total de 2.795.449,38m2, resultante da somatória dos imóveis descritos e caracterizados nas seguintes matrículas:

Edital de Consulta Pública, página 24.

Porém, em virtude de reduções sofridas pela implantação do Rodoanel Mário Covas, por ocupações irregulares em alguns trechos e pela redução que irá ocorrer com a implantação do equipamento público previsto no edital, as terras da Fazenda Albor que remanescem para alienação, juntamente com as áreas do Parque CECAP, levando em conta os recortes municipais, estão compostas da seguinte maneira:

Edital de Consulta Pública, página 25.

IMPLANTAÇÃO DE EQUIPAMENTO PÚBLICO – COMPLEXO DE CENTROS DE DETENÇÃO PROVISÓRIA

A Contratada deverá construir um complexo composto de cinco Centros de Detenção Provisória (CDP) com 5.579 vagas, e demais componentes. De acordo com o edital, os CDP serão implantados em áreas de propriedade da CDHU localizadas nos municípios de Arujá e Itaquaquecetuba.

Edital de Consulta Pública, página 32.

Segundo o presidente da CDHU, Reinaldo Iapequino, o objetivo da consulta pública é dar transparência ao processo e colher sugestões para o aperfeiçoamento das regras e condições do edital da futura licitação.

“Mais do que a venda das áreas, essa ação da CDHU pretende promover o desenvolvimento urbano integrado do Leste da Região Metropolitana de São Paulo, que já conta com boa estrutura rodoviária e logística”, explicou Reinaldo.