Concessão do Rodoanel Norte não contempla acesso a Guarulhos

Foto: Marcela Vasconcelos/Guarulhos Online

Em nova audiência pública, ARTESP e técnicos do Governo Paulista confirmam que alça para o Aeroporto Internacional ainda depende da Gru Airport e Governo Federal

Segundo o Diretor Geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), Milton Persoli, o trecho a ser licitado ainda neste ano, não prevê o acesso ao Aeroporto. De acordo com Persoli, a alça depende de estudos da Gru Airport e Governo Federal.

Por essa razão, o governo de São Paulo decidiu não incluir o trecho na concessão que será executada até o fim de 2020 e terá 30 anos de contrato. Ainda de acordo com Persoli, a área prevê um eixo em que famílias ainda precisam ser desapropriadas.

A informação foi divulgada em nova Audiência Pública realizada de forma online no canal da ARTESP no Youtube nesta sexta-feira (28). A reunião durou pouco mais de 2 horas e não registrou nenhuma participação pública de grupos ou associações de Guarulhos.

O Trecho Norte do Rodoanel possui 44 quilômetros de extensão no eixo principal, passa pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos. O projeto possui ainda, uma ligação de 3,6 quilômetros com o Aeroporto Internacional, mas que está fora da atual concessão.

Ao todo serão 4 praças de pedágios, sendo duas na região da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, na zona norte de São Paulo, uma na via Dutra e mais uma na Fernão Dias. Os investimentos são de aproximadamente R$ 2,4 bilhões por 30 anos de contrato.

Questionados pelo Secretário de Obras de Guarulhos, Marco Antonio Guimarães a respeito da ausência de manutenção da região e de invasões nas faixas de domínio, a ARTESP aponta essas áreas ficarão sob responsabilidade da concessionária contratada.

E ainda, que ao assumir, a empresa deve se compromete em zelar e efetuar reparos, como recapeamento no perímetro dos canteiros após as obras. Neste período de paralisação, os canteiros foram abandonados em todos os trechos que cortam Guarulhos.

Durante a interrupção na construção do trecho, mais de 100 famílias passaram a abrigar uma área no Jd. Bananal que está abaixo de um viaduto do Rodoanel Norte. A previsão é de que haja uma nova reintegração de posse em setembro e as famílias saiam do local.

Já o trecho que em tese, vai conectar o viário ao Aeroporto está sob o Haroldo Veloso e se erguido, vai dividir ao meio um conjunto habitacional. A previsão de retomada das obras é para o 1º semestre de 2022, mas excluem esse perímetro.