15.7 C
Guarulhos
qui, 09 dez 2021
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Depois de três adiamentos, relatório da Comissão da Proguaru é votado por veradores

- PUBLICIDADE -

Vereadores vão avaliar documento elaborado pela relator André Alves (Cidadania) que aponta pelo fim da empresa

A Câmara de Guarulhos deve avaliar o relatório final da Comissão Especial de Estudos (CEE) da Proguaru durante sessão remota nesta quarta-feira (27). Os vereadores têm à disposição uma pauta com 79 itens para discussão e votação.

A votação está na pauta da sessão desde 06 de outubro, mas foi adiada nas duas semanas seguintes. Dos 34 vereadores, ao menos 25 pertencem à base aliada do governo Guti (PSD), grupo que tem votado contrário à Proguaru.

São eles:

  • André Alves (Cidadania)
  • Carlinda Tinoco (Republicanos)
  • Carol Ribeiro (PSDB)
  • Danilo Gomes (DC)
  • Dr. Alexandre Dentista (PSD)
  • Geleia Protetor (PSDB)
  • Geraldo Celestino (PSC)
  • Gilvan Passos (PSD)
  • Jaime Junior (Republicanos)
  • Jorginho Mota (PTC)
  • Karina Soltur (PSD)
  • Lamé (MDB)
  • Lauri Rocha (PSD)
  • Leandro Dourado (PTC)
  • Luís da Sede (PSD)
  • Paulo Roberto Cecchinato (PTB)
  • Pastor Anistaldo (PSC)
  • Rafael Acosta (DC)
  • Romildo Santos (PSD)
  • Sandra Gileno (Patriota)
  • Sérgio Magno (Patriota)
  • Ticiano Americano (Cidadania)
  • Vanessa de Jesus (Republicanos)
  • Wellington Bezerra (PTC)
  • Wesley Casa Forte (PSB)

À Comissão foi atribuída a possibilidade de ouvir, questionar e debater fatos e pessoas ligadas à Proguaru, como membros da diretoria, sindicato e comissão de trabalhadores. E ainda, as causas e consequências, pelas quais, a Prefeitura de Guarulhos e a Câmara Municipal aprovaram a extinção da empresa até 31 de dezembro deste ano.

Na CEE, dos membros da comissão, oito eram da base governista e endossaram o relatório pelo fim da empresa. São eles: André Alves (Cidadania), Carol Ribeiro (PSDB), Jayme Júnior (Republicanos), Leandro Dourado (DC) Sandra Gileno (Patriotas), Lauri Rocha (PSD), Romildo Santos (PSD), Geraldo Celestino (PSC) e Rafael Acosta (PTC).

Entretanto, um outro relatório foi apresentado à época e demostrava um posicionamento contrário ao fechamento assinado por dois vereadores. O presidente da CEE, Edmilson Souza (PSOL) e Maurício Brinquinho (PT) defenderam o texto que foi derrotado na votação.

Além desses parlamentares, Janete Pietá (PT), Rômulo Ornelas (PT) e Marcelo Seminaldo (PT) compõem a oposição na Câmara. Já Laércio Sandes (DEM), Lucas Sanches (PP), Márcia Taschetti (PP) e Fausto Martello (PDT) integram posições independentes nas votações e não foram opinião unânime sobre a Proguaru.

A Casa segue sem previsão de retorno das sessões presenciais que permitirão o retorno do público durante as votações. O plenário inaugurado no fim do ano passado, passa por reforma para instalação de cabeamento de internet.

Além disso, devem ser instaladas painéis de votação, divisórias entre as mesas dos vereadores e barreiras que vão separar os parlamentares do público. As sessões da Câmara de Guarulhos tem início previsto às 14h, com transmissão ao vivo pela TV Câmara, nas redes sociais institucionais da Casa (YouTube e Facebook).

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

28,959FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,135SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS