Doria anuncia chegada de 1 milhão de doses prontas da Coronavac vindas China

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

A remessa com imunizantes será entregue ao Plano Nacional de Imunizações vai desembarcar no Aeroporto de Guarulhos nesta terça-feira (29)

O Governador João Doria afirmou neste sábado (26) que São Paulo vai receber uma carga com 1 milhão de doses prontas da vacina do Butantan na próxima terça-feira (29). A remessa com imunizantes para entrega ao Plano Nacional de Imunizações (PNI) vai desembarcar no Aeroporto de Guarulhos, às 19h55.

A chegada das vacinas prontas é resultado de um encontro entre representantes do Governo de São Paulo, Instituto Butantan e a biofarmacêutica chinesa Sinovac. No último dia 22, o Governador se reuniu no Palácio dos Bandeirantes junto do Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, e do Diretor do Butantan, Dimas Covas com Vice-Presidente Mundial da Sinovac, Weining Meng.

Durante a reunião, Doria solicitou à parceira internacional do Butantan no desenvolvimento do imunizante o envio de vacinas contra a Covid-19 prontas para uso, ao mesmo tempo em que faz as remessas do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) para produção de doses na fábrica do Butantan. O pedido foi prontamente atendido por Meng.

A produção em São Paulo envolve processos de envase, rotulagem, embalagem e um rigoroso controle de qualidade antes do fornecimento das vacinas ao Ministério da Saúde. O prazo entre a chegada de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) e a entrega das vacinas produzidas no Butantan gira em torno de 15 a 20 dias.

As tratativas permitem economizar tempo de entrega das doses ao Ministério da Saúde, visto que a aplicação das doses sofreu interrupções em várias cidades, inclusive na capital paulista. O anuncio foi feito neste sábado, mesmo dia em que chegou em Guarulhos, mais 6 mil de litros do IFA para produção de 10 milhões de doses

*Atualizada às 18h40 de 26/06