Educação: Estado adianta recesso escolar e restringe atividades presenciais

Foto: Reprodução

Já as escolas da rede particular terão autonomia para seguir o mesmo cronograma ou não

As escolas públicas estaduais vão suspender as atividades presenciais que foram retomadas há algumas semanas no estado de São Paulo. As unidades devem ficar abertas apenas para entrega de materiais e distribuição da merenda escolar, mas por agendamento.

Segundo o governo, o recesso escolar será antecipado de 15 a 28 de março e durante o período, as aulas online vão continuar acontecendo, mas sem novos conteúdos. O Centro de Mídias vai transmitir pelos canais digitais aulas de reforço que já foram passadas.

Conforme explicou o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, a medida não vai reduzir o calendário de dias letivos. O secretário acredita que é mais vantajoso ter mais alunos de volta à escola, quando for possível que o retorno aconteça, mesmo que seja no fim do ano.

Já as escolas da rede particular terão autonomia para decidir se vão ou não acompanhar o calendário da rede estadual, antecipando o recesso. A recomendação, entretanto, é que todas as atividades presenciais sejam reduzidas, com limite máximo de até 35% dos alunos por dia.