Incêndio atinge três ocas na aldeia ‘Filhos da Terra’ no Cabuçu

Foto: Reprodução

O espaço sagrado e de atividades culturais foi atingido, os indígenas classificam como ato criminoso

Um incêndio destruiu três ocas da Aldeia Filhos da Terra no Cabuçu neste domingo (04). De acordo com relatos dos indígenas que vivem na região, foram dois incêndios, o primeiro às 08h e o outro por volta das 12h30 que atingiram o espaço cultural da aldeia.

As residências dos indígenas não foram atingidas e ninguém se feriu, mas foram os próprios moradores que controlaram o fogo. Duas das ocas ficaram totalmente destruídas e a terceira teve apenas uma parte atingida pelas chamas.

De acordo com Vanuza Kaimbé, indígena que vive na aldeia, o incêndio foi criminoso, pois o grupo não costuma usar fogo perto da estrutura sagrada. Além de espaço cultural, os rituais de prece dos indígenas eram feitos em um dos locais que foi incendiado.

Apesar das suspeitas, a líder do povo Kaimbé apontou que não pode fazer acusações sobre o culpado. Conforme revelou à reportagem, nenhum boletim de ocorrência foi registrado e nem a polícia, nem os bombeiros estiveram no local.