STAP convoca assembleia e funcionários da Proguaru podem entrar em greve

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

O ato está marcado no mesmo dia em que a prefeitura articula uma comissão liquidante para acelerar a extinção da empresa

Uma assembleia de trabalhadores da Proguaru convocada pelo sindicato da categoria (STAP) está marcada para esta quarta-feira (15) às 09h em frente ao Paço Municipal. Mesmo dia em que, o Prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) se reunirá com membros acionistas da empresa.

Na pauta, a casa branca de Guarulhos irá nomear uma comissão liquidante, eleger membros do conselho fiscal da Proguaru e a fixação de sua remuneração. E ainda, definir o prazo para dissolução e início da extinção, prevista para até 31 de dezembro.

De acordo com o Presidente do STAP, Pedro Zanotti, os trabalhadores da Proguaru não podem ficar esperando somente decisões judiciais, e por isso convocou o movimento sindical, funcionários da empresa e apoiadores da manutenção da Proguaru para o ato.

Nas semanas anteriores, a Proguaru sofreu ao menos três derrotas, incluindo o pedido de referendo municipal, indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A presidência da Câmara Municipal já recorreu, no entanto, o plenário rejeitou em maioria, a deliberação da proposta de decreto legislativo, que barraria a liquidação da empresa.

O legislativo tem ao menos 25 dos 34 vereadores na base aliada do executivo que também é maioria na Comissão Especial de Estudos (CEE) da Proguaru. Foram nove votos contra dois em um relatório feito pela própria base e que propõe extinção da empresa.

O documento será colocado na pauta da Câmara e será votado novamente em plenário, mas ainda sem data definida. Para Zanotti, os trabalhadores devem traçar os rumos do movimento em defesa da empresa, já que o governo de Guti não recua, a possibilidade de greve não é descartada.

A expectativa é grande para a assembleia que ocorrerá do lado de fora, na mesma hora da assembleia liquidante na sede da prefeitura. Segundo Raul Nascimento, membro da Comissão ‘Em Defesa da Proguaru’, o ato que é político espera receber um número considerável de apoiadores.