Vitamina D reduz os riscos de infecções respiratórias e pode prevenir contágio pelo coronavírus

Foto: Divulgação

Além da exposição ao sol, a vitamina D pode ser absorvida pela ingestão diária de alimentos ideais para esta finalidade ou por suplementação  

O isolamento social, imposto como medida de prevenção da covid-19, resultou na baixa exposição ao sol, ocasionando em muitas pessoas a deficiência de Vitamina D, fundamental para o fortalecimento do sistema imunológico.

De acordo com artigo publicado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a vitamina D diminui o risco de infecções respiratórias e melhora a eficiência de trocas gasosas no pulmão, além de ser essencial para o fortalecimento ósseo, saúde do coração e controle da diabetes.  

Segundo o nutricionista da Clínica-escola da Universidade UNG, Cauê Araújo, sabe-se que diariamente precisamos de minimamente 400 unidades internacionais (UI) de vitamina D, entretanto novos estudos científicos mostram que essa necessidade diária pode estar abaixo do que realmente necessitamos.

Além da exposição ao sol, a vitamina D pode ser absorvida pela ingestão diária de alimentos ideais para esta finalidade ou suplementação”, explica.  

Confira 10 alimentos fonte de vitamina D 

Salmão   

O salmão é o campeão quando se trata de fonte alimentar de vitamina D. Dentre as fontes proteicas, em 100g de salmão selvagem temos aproximadamente cerca de 600 ~ 1000UI e esta grande variação é devido a procedência do produto.   

Óleo de fígado de bacalhau  

O óleo de fígado de bacalhau ou “óleo de peixe” pode ser utilizado em sua forma de óleo (pouco utilizada) é consumido em pequenas capsulas de 5ml, as quais tem uma altíssima concentração, sendo de 400~1000UI em 5ml.   

Sardinha  

A sardinha enlatada possui a quantidades com melhor custo/benefício. Aproximadamente 300UI em 100 gramas de alimento consumido.   

Cavala  

A cavala em conserva vem como uma forte fonte alimentar da vitamina D, sendo que cerca de 100 gramas contêm aproximadamente 250UI da vitamina.   

Atum  

O atum tem uma quantidade generosa de vitamina D em sua composição, com aproximadamente 230UI em aproximadamente 90 gramas.  

Arenque  

O arenque que tem sua variabilidade de consumo tanto cru, enlatado, defumado ou em conserva e é uma ótima opção quando se trata de vitamina D, fornecendo aproximadamente 180 ~ 250UI em cerca de 100 gramas do alimento.   

Gema de Ovo  

Sabe-se que o ovo tem inúmeras propriedades e sua gema é grande fonte de diversos nutrientes, contendo cerca de 20UI por unidade de gema consumidas.   

Cogumelos frescos   

Os cogumelos são uma grande fonte alimentar de proteínas e diversos nutrientes. Muitas vezes são poucos consumidos pelo seu difícil acesso, entretanto contém uma quantidade de 100UI por 100g.  

Cogumelos secos (desidratados)  

Já os cogumelos desidratados, devido a sua desidratação possuem alta concentração de nutrientes com aumento de vitamina D em sua composição, sendo de até 1600UI em 100g.    

Leite de vaca e Iogurtes  

Os lácteos são fontes alimentares de cálcio que também é um mineral importantíssimo quando se trata de vitamina D. Cada litro de leite possui cerca de 40UI, já de iogurtes a cada 100ml, aproximadamente 90UI.