Governo de SP diz que vai imunizar 9 milhões de pessoas até 28 de março

Foto: Governo do Estado de São Paulo

A meta é dobrar os postos de vacinação contra a Covid-19 em todos os municípios paulistas

O Plano de Estadual de Imunização contra o coronavírus foi apresentado nesta quarta-feira (06) aos 645 prefeitos eleitos para os mandatos iniciados em 2021. A estratégia das autoridades estaduais é iniciar a imunização contra a COVID-19 em todas as regiões do estado no dia 25 de janeiro.

João Doria (PSDB) se reuniu com os prefeitos, secretários de seu governo e membros do Centro de Contingência do Coronavírus durante o 1º Seminário Virtual de Gestão Pública. Entre os assuntos, além da vacina, as autoridades trataram sobre a retomada da economia.

A expectativa do Estado é que 9 milhões de pessoas sejam imunizadas na primeira etapa, com a aplicação de 18 milhões de doses, até o dia 28 de março. A primeira etapa de vacinação vai priorizar profissionais da saúde, idosos acima dos 60 anos, grupos indígenas e quilombolas.

A campanha será coordenada pela Secretaria Estadual da Saúde em parceria com os 645 municípios paulistas e visa dobrar o total de postos de vacinação de 5,2 mil para até 10 mil. Cerca de 54 mil trabalhadores do setor da saúde e 25 mil agentes da segurança pública integrarão a campanha.

O governo apontou que a logística necessária será apresentada anteriormente para garantir a segurança da população e evitar aglomerações nos locais de imunização.

Economia Paulista

Segundo o Secretário da Fazenda, Henrique Meirelles com retomada gradual das atividades econômicas sob as diretrizes do Plano São Paulo, o PIB paulista voltou a crescer. Em outubro, Doria prometeu R$ 36 bilhões para impulsionar a economia e gerar 2 milhões de empregos.

Parcerias municipais

O Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, anunciou o lançamento de uma plataforma exclusiva para as prefeituras no portal Parcerias Municipais. A ferramenta digital é oferece diagnósticos de cada município, além de possíveis convênios com o Estado, uma agenda de cursos de capacitação e o desempenho de cada cidade no programa desde 2019.