Vereadores de Guti (PSD) se ausentam de discussão sobre a Proguaru e sessão da CEE é encerrada mais cedo

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

Governistas e oposição discordaram sobre dialogar com trabalhadores da empresa durante recesso parlamentar

A sessão desta terça-feira (29) da Comissão Especial de Estudos (CEE) da Proguaru na Câmara de Guarulhos foi marcada pelo embate entre governistas e oposição. Na pauta, a sugestão de usar o período do recesso dos vereadores para dialogar com os trabalhadores nas regionais da empresa.

O vice líder do governo na Câmara, vereador Geraldo Celestino (PSC) se mostrou contrário a proposta de usar as férias de julho para atividades da comissão. Celestino alegou que os parlamentares já tem compromissos marcados, como viagens agendadas com os filhos.

O argumento foi rebatido pelo presidente da comissão, vereador Edmilson Souza (PSOL), ele afirmou que os vereadores não tem obrigação de ir às reuniões, mas deveriam comparecer para ouvir as demandas dos funcionários da Proguaru em seus locais de trabalho.

Segundo Souza, os funcionários alegam não conseguir acompanhar os desdobramentos da CEE devido ao horário das reuniões, quando estão em serviço. Apesar disso, a matéria foi causa de discordância entre os vereadores presentes no plenário e as datas dos encontros passarão de julho para agosto.

A sugestão de diálogo da comissão com os trabalhadores foi feita pelos sindicatos Sincoverg e o STAP que representam os servidores públicos e motoristas. Entretanto, a tentativa dos governistas de obstruir a todo momento a discussão fez a reunião da CEE ser encerrada mais cedo.

Saída à francesa

A sessão chegou ao fim menos de uma hora após seu início por falta de quórum, os vereadores da base aliada de Guti (PSD), Romildo Santos (PSD), Lauri Rocha (PSD), Sandra Gileno (Patriotas), Jayme Júnior(Republicanos) e Danilo Gomes (DC) se ausentaram da presença virtual mais uma vez, mesma tática foi utilizada na semana passada.

Os trabalhos de tentativa de discussão sobre a situação da Proguaru retornarão em 03 de agosto, pós recesso. Na data está marcada a possível presença de Francisco Carone, presidente da empresa e posteriormente será a vez do Secretário da Fazenda, Ibrahim El Kadi, interventor da Proguaru.

Ambos foram convidados à comparecer na sessão presencial da CEE na Câmara, mas segundo o presidente da comissão, não responderam ao ofício. O objetivo é convocá-los a comparecer, mas a matéria também foi obstruída pelo vice-líder do executivo, Geraldo Celestino.

O vereador solicitou que a comissão convide-os mais uma vez, decisão que foi sinalizada por Edmilson Souza. A CEE corre contra o tempo para apresentar um relatório final a respeito do que foi levantado nos últimos meses sobre a real situação da Progaru diante do fechamento previsto para dezembro.

Seis por meia dúzia

Nesta mesma ocasião, o vereador Leandro Dourado (PTC) retornou à CEE como titular, ele foi substituído por Jorginho Mota (PTC) que pouco participou das discussões da comissão. Dourado retornará ao posto, após licença prévia da Câmara de Vereadores.