Doria anuncia fase ‘Emergencial’ da quarentena com medidas mais duras, veja

Foto: Divulgação/Governo de SP

Escolas estaduais terão pausa nas atividades presenciais, igrejas devem ter celebrações sem público e os jogos do futebol paulista estão cancelados

A cidade de Guarulhos, assim como todo o estado de São Paulo entram na próxima segunda-feira (15) na fase emergencial da quarentena. A medida vale aos 645 munícipios que devem seguir no regime total de fase vermelha, com ainda mais restrições até 30 de março.

Mais de 09 mil pessoas estão internadas no Estado e cerca de 150 pessoas entram nas UTIs a cada dia com Covid-19, cerca de 50% desses pacientes com menos de 50 anos de idade. A afirmação é do Secretário Estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Entre as medidas está o revezamento de horários para setores específicos circularem nas ruas e no transporte público. O toque de recolher segue entre 20h e 05h, praias e parques ficarão fechados, assim como igrejas e escolas devem suspender atividades com presença do público.

Veja alguns setores que vão sofrer novas restrições:

Governo recomenda escalonamento de horários para funcionamento de serviços essenciais para evitar aglomerações no transporte público:

De acordo com João Gabardo, se São Paulo não conseguir implementar essas medidas, muitas pessoas vão morrer. “Nós não estamos conseguindo ofertar leitos diante do aumento de hospitalizações, nós vamos perder muita gente que tem plano de saúde inclusive”, disse.

O diretor executivo do Centro de Contingência destacou que não é o momento de abordar questões eleitorais, “a sociedade vai julgar quem estava certo e quem estava errado”, afirmou. Entretanto, ainda segundo Gabardo, o momento é de união para encarar a realidade dos fatos.

*Em construção