Dos mais de 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil, 4.175 são guarulhenses

Foto: Reprodução

No sábado (19), o Brasil superou a trágica marca de meio milhão de vidas perdidas pela doença; em Guarulhos, pessoas entre 60 e 69 anos foram as que mais vieram a óbito em decorrência do coronavírus

No sábado (19), o Brasil superou a trágica marca de 500 mil cidadãos brasileiros mortos por Covid-19. Até domingo (20), o país registrou um total de 501.825 mil óbitos pela doença, com 17.927.928 casos acumulados desde março de 2020, quando o vírus chegou ao país.

No município de Guarulhos, até domingo, a vida de 4.175 guarulhenses foi ceifada pela Covid-19, doença para qual já existe vacina disponível. O gráfico abaixa mostra a variação no número de mortes pelo coronavírus na cidade desde o início da pandemia.

Período de 17/03/2020 até 20/06/2021

Dados da Prefeitura revelam que, até a última sexta-feira (18), guarulhenses na faixa etária entre 60 e 69 anos foram os que mais morreram por Covid-19 na cidade. Além disso, a taxa de letalidade do vírus na população geral ainda é alta em Guarulhos, permanecendo acima dos 5%.

Vacinação

Com quase 1,4 milhão de habitantes, a cidade de Guarulhos imunizou, até sexta (18) somente 336.159 pessoas com a primeira dose das vacinas contra Covid-19. Além disso, até a mesma data, 120.939 doses de vacinas referentes a segunda dose foram aplicadas.

Nesta segunda-feira (21), a Prefeitura iniciou a vacinação para pessoas sem comorbidades a partir de 43 anos. Assim, ela antecipa em 2 dias o calendário divulgado pelo Governo do Estado.

A Prefeitura também liberou os seguintes grupos para se vacinar diretamente nas UBS, sem necessidade de cadastramento prévio:

  • Pessoas com 50 anos ou mais;
  • Pessoa com síndrome de Down (18 anos ou mais): apresentar relatório médico;
  • Trabalhador da saúde (18 anos ou mais): comprovar vinculação ativa com serviço de saúde do município de Guarulhos mediante apresentação de carteira de trabalho ou holerite (original e cópia), ou declaração emitida pelo serviço de saúde em papel timbrado contendo data, nome e assinatura do responsável. As cópias serão retidas pela UBS, exceto a declaração da empresa, que será retida a via original.
  • Pessoas com doença renal em diálise (18 anos ou mais): apresentar relatório médico;
  • Pessoas transplantadas imunossuprimidas (18 anos ou mais): apresentar relatório médico;
  • Gestantes e puérperas com comorbidades (18 anos ou mais): apresentar relatório médico;
  • Gestantes e puérperas sem comorbidades (18 anos ou mais);
  • Pessoas com deficiência permanente de 18 a 59 anos: apresentar relatório médico;
  • Pessoas com doenças crônicas (18 anos ou mais): apresentar relatório/prescrição médica;
  • Motoristas e cobradores de transporte intermunicipal (18 anos ou mais): comprovar vinculação ativa com serviço de transporte no município de Guarulhos;
  • Motoristas e cobradores de transporte municipal (18 anos ou mais): comprovar vinculação ativa com serviço de transporte no município de Guarulhos;
  • 2ª dose de pessoas que moram ou trabalham (comprovadamente) em Guarulhos e perderam a data do agendamento da 2ª dose.