Estado diz que vai implantar mais 10 leitos de UTI no Hospital Padre Bento

Foto: Divulgação

As alas serão abertas neste mês para atendimento exclusivo aos casos de coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde afirmou nesta quarta-feira (06) que vai começar a abrir nesta semana mais 30 leitos de UTI em três hospitais estaduais localizados em cidades diferentes do Alto Tietê para enfretamento à pandemia do novo coronavírus.

Para fortalecer a assistência de casos de COVID-19, serão abertos dez leitos em cada uma destas unidades: Hospital Luzia de Pinho Melo, Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos e Hospital Padre Bento, em Guarulhos.

Todos já são referência para tratamento da doença na região, mas estão lotados, o que contribui com taxas elevadas de ocupação nestas cidades. Com a medida, a capacidade da Terapia Intensiva do Luzia passará para 30 leitos do tipo, em Ferraz 26 leitos de UTI, e o Padre Bento saltará para 28 leitos.

As taxas de UTI em Guarulhos registram desde a última segunda-feira (04) índices acima de 90% o que coloca a cidade em alerta para a doença. A prefeitura já negociava esses leitos desde o mês passado, mas somente depois do índice alarmante houve a sinalização do estado.

“Estamos em constante monitoramento para reforçar a rede hospitalar para enfrentar a pandemia. Diante do cenário epidemiológico da COVID-19 em todo o mundo, decidimos ampliar os leitos de Terapia Intensiva do Alto Tietê para continuar garantindo assistência a todos que precisarem”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Hoje (06), a taxa de ocupação na Grande São Paulo, que abrange o Alto Tietê, é de 65,2% de UTI e 51,6% em enfermaria. Todas as ativações de leitos feitas pela Secretaria são fruto de análise técnica, monitoramento contínuo do cenário da COVID-19.