Estado vai manter atendimento aberto no PS do Hospital Geral, diz prefeitura

Foto: Divulgação

Após articulação política entre o governo municipal e o governo estadual, realizada na manhã desta sexta-feira (29) na Secretaria Estadual de Saúde, saiu a decisão de continuidade dos atendimentos no Pronto-Socorro do Hospital Geral de Guarulhos (HGG), no Cecap.

Segundo a assessoria da prefeitura de Guarulhos, decisão foi revertida, após reunião entre o prefeito Guti (PSD) e interlocutores entre o município e o estado. A conversa teve a presença do secretário executivo da saúde estadual, Eduardo Ribeiro e o secretário municipal, José Mário Clemente.

A mudança se tratava de restringir o atendimento para casos mais complexos, como urgência e emergência na ala do Pronto Socorro do Hospital Geral de Guarulhos. A previsão é de que entraria em vigor na próxima segunda-feira (01) conforme publicou o Guarulhos Online.

Autoridades locais demostraram insatisfação com a medida que impactaria negativamente o atendimento público no município. Já que a secretaria municipal acredita que o fechamento da unidade estadual, levaria pacientes para demais hospitais da cidade.

Com a vacinação a passos largos e poucos guarulhenses imunizados, a cidade enfrenta alta no número de internações por causa da Covid-19, e os hospitais públicos operam no limite da capacidade e sem previsão de instalação de novos leitos.

No início desta semana, o Governo do Estado informou à Secretaria Municipal de Saúde que iria passar a realizar os atendimentos no Hospital Geral de Guarulhos com as portas fechadas. Mas, a medida transferiria para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e policlínicas municipais toda a demanda de pacientes.