Luto: O que é e como é desencadeado?

Foto: Reprodução

O luto é um processo de vivência natural da vida. Em algum momento todos os seres humanos vivenciarão algum tipo de luto. Ele é desencadeado por um conjunto de emoções e comportamentos frente a uma perda significativa para quem vive. 

Essas perdas por sua vez, podem estar relacionadas a diversas situações, cito algumas aqui:

  • Morte de alguém ou animal de estimação;
  • Aborto espontâneo ou provocado;
  • Transição das fases da vida: Infância x Adolescência; 
  • Fechamentos de ciclos como conclusão da escola ou universidade;
  • Demissão do trabalho;
  • Mudança de casa, cidade, país;
  • Perda da autonomia por conta de um acidente; 
  • Cirurgias – membros amputados ou órgãos retirados;
  • Fim de uma amizade;
  • Fim de um relacionamento amoroso.

Podemos observar no início do luto que as emoções aparecem de forma bastante intensa. Alternando entre si, tristeza, raiva, medo e culpa são as mais comuns. No corpo também aparecem alguns sinais como:

  • Irritabilidade;
  • Alteração do sono e do apetite;
  • Desânimo;
  • Rebaixamento da concentração e atenção.

Porém, com o passar das primeiras semanas estes sintomas e as emoções vão diminuindo sua intensidade. O luto não é doença, portanto, não necessita ser medicado.

Caso as emoções e sintomas mencionados acima persistam por muitas semanas, recomendo que o enlutado procure auxílio psicológico especializado, para que possa ser realizada uma avaliação dos sintomas e que este possa expressar sua dor num ambiente acolhedor.

Ana Paula Souza é Psicóloga Clínica com experiência em atendimentos de adolescentes e adultos Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental Aperfeiçoamento em Perdas, Luto, Depressão e Ansiedade Extensão em Saúde Mental e Cuidados no Acolhimento ao Luto em Situação de Crise Palestrante em Saúde Mental, Educação e Desenvolvimento Pessoal Consultora de Recursos Humanos e Desenvolvimento Pessoal Membro da Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio (ABEPS).