Quarentena: Os cuidados que você deve ter ao treinar em casa

Foto: Canstock

Devido ao atual momento de pandemia, em que é preciso restrições para evitar o alastramento do coronavírus, muitas pessoas, sejam iniciantes ou mais experientes no desenvolvimento de exercícios físicos, estão aderindo ao treinamento domiciliar.

Segundo o Educador Físico Felipe Mascarelo, especialista em Musculação e Condicionamento Físico,”o presente momento vem sendo de suma importância para boa parte da população perceber que não precisamos de muitos recursos para introduzir a atividade física na nossa rotina, e consequentemente ter um estilo de vida mais saudável“.

“O treinamento em casa, mesmo utilizando equipamentos simples, como elásticos, peso corporal, entre outros, são extremamente eficazes até mesmo em relação ao treino convencional em academias. Porém, para esse resultado ser alcançado com eficiência e segurança, é preciso saber exatamente quais os exercícios indicados para a condição física atual do individuo, assim como maneiras de progressão para continuar produzindo os estímulos necessários que resultem em uma evolução contínua“, complementa Mascarelo.

Além disso, cabe ressaltar também que a popularização dessa prática requer alguns cuidados, conforme afirma o Educador Físico Lucas Cardoso, especialista em Prevenção de Lesões e Doenças Musculoesqueléticas, “levando em consideração que na prática de exercícios em casa há um público muito diversificado, que varia entre jovens, idosos, portadores de patologias, níveis iniciantes, avançados e afins, é preciso que cada um desses indivíduos acesse conteúdos digitais que siga os princípios de especificidade e individualidade biológica de cada um”.

Tendo em vista todas essas considerações, os educadores físicos listaram os 5 principais cuidados que devem ser tomados para a prática adequada de atividades físicas em casa:

  1. TENHA SUPORTE PROFISSIONAL

Procure um profissional ou empresa especializada em treinamento online, para, na medida do possível, realizar uma anamnese prévia e diminuir as chances de seu programa de treinamento falhar, resultando em lesões ou frustrações;

  1. PREPARE-SE PARA AS ATIVIDADES

Comece realizando exercícios preparatórios com o intuito de melhorar o rendimento na atividade principal, assim como prevenir lesões indesejadas. Indicamos a realização de um alongamento prévio dos principais músculos alvo, logo em seguida, realize uma atividade cardiorrespiratória de baixa complexidade, fazendo com que você aumente a temperatura corporal e a frequência cardíaca de forma gradativa, lubrificando e nutrindo as articulações e músculos que serão utilizados no treinamento;

  1. CUIDADO COM OS EQUIPAMENTOS

Se adquirir equipamentos para realizar seus treinos, procure por itens de qualidade. Elásticos com fabricação duvidosa podem provocar lesões sérias. Organize bem o local que for realizar os exercícios, certifique-se de o piso estar seco, de cadeiras/bancos estarem bem fixos para aguentar o seu peso, ou seja, coisas simples que podem provocar acidentes graves;

  1. PROGRESSÃO DE ESTÍMULOS E CARGA

Dependendo do seu nível de aptidão física deve-se trabalhar com intensidades diferentes. Se for iniciante, comece com exercícios simples, de baixa complexidade e evite pegar pesado, pois, mesmo sendo um exercício que parece leve no momento, pode provocar inflamações excessivas nos dias subsequentes. No caso das pessoas que já praticavam atividades, será necessária uma adaptação em todos os exercícios para que o estímulo continue sendo o suficiente para resultados satisfatórios. Aumentar número de repetições, diminuir o descanso, modificar a técnica de execução, reduzir a velocidade do movimento, aumentar a resistência do elástico, aumentar a carga, são algumas opções que podem ser aplicadas;

  1. TENHA PACIÊNCIA

Muitas vezes pode parecer que seus resultados não estão sendo alcançados, causando perda na motivação de manter a rotina de treinamento, mas a disciplina e persistência devem ser seus aliados. Treinar em um ambiente aconchegante ao mesmo tempo de ser prático, também pode gerar certo acomodamento e apresentar diversos tipos de distrações. Portanto, seja paciente e procure ter um bom planejamento de treinos para se manter motivado e com resultados constantes.