Saúde Municipal diz que em Guarulhos não há falta de vacinas para segunda dose

Foto: Ivanildo Porto/PMG

A pasta atribui a manutenção do calendário de vacinação em razão do “controle rígido de estoque”

Apesar da falta de doses da vacina AstraZeneca em diversas cidades do país, incluindo a capital paulista, a Prefeitura de Guarulhos diz que não há falta de doses na cidade. Isto porque, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, há “controle rígido de estoque” e desta forma, o município garante a 2ª dose.

Ainda conforme a pasta, não foi verificado, até o momento, nenhum problema de falta de disponibilidade da segunda dose de nenhum fabricante da vacina contra a Covid-19. A Secretaria da Saúde informa que, com a chegada de mais imunizantes ao longo desta semana, a vacinação continuará sem intercorrências em Guarulhos.

Além diss, há controle também na distribuição das três vacinas que demandam segunda dose (Coronavac, AstraZeneca e Pfizer), o que passa pelo Departamento de Vigilância em Saúde e por todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de eventuais mutirões em CEUs espalhados pela cidade.

Esse rígido controle inclui, por exemplo, não utilizar as vacinas reservadas para a segunda dose na primeira aplicação e, portanto, respeitar o intervalo preconizado pelos fabricantes, segundo divulgou a pasta nesta segunda-feira (13).

Além disso, o sistema de agendamento de vacinação feito em Guarulhos permite um controle maior na aplicação da segunda dose, segundo acredita a administração municipal que diz ainda, que não atrasou a vacinação durante a campanha.

Até o momento, foram aplicadas no município, 1.484.227 imunizantes, destas, 959.826 da primeira dose, 486.690 da segunda dose e 37.123 referente a dose única. Houve ainda 588 terceiras doses aplicadas em idosos.