Operação contra evasão de pedágio na Dutra, entre Guarulhos e Arujá, flagra 14 veículos

Foto: Divulgação/CCR

Em um dos casos, o motorista de um caminhão utilizou fita isolante para adulterar a placa

Uma operação contra a prática de evasão de pedágio realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante a tarde ontem, 02/12, no km 204 da pista sentido Rio de Janeiro, após a praça de pedágio de Arujá, flagrou um total de 14 veículos com histórico de evasão de pedágios na via Dutra.

Em um dos casos, um caminhão abordado pelos policiais rodoviários federais adulterou a numeração da placa com fita isolante e, assim, evadiu do pedágio. Um outro caminhão flagrado durante a operação tinha um histórico de 202 passagens e uma dívida acumulada de R$ 2.799,90. A operação, que durou quatro horas, contou com a participação de aproximadamente 20 pessoas, entre policiais rodoviários federais e colaboradores da Concessionária.

Fiscalização

A CCR NovaDutra, concessionária responsável pela via, realiza o monitoramento das evasões de pedágio ocorridas por meio da coleta de informações nas pistas de passagem automática das cabines da praça, que subsidiam a Polícia Rodoviária Federal nas ações de combate a este tipo de infração. 

“Os motoristas precisam estar atentos em relação aos riscos que a evasão pode trazer, com frenagens ou colisões, além de colocar em risco tanto a vida dos nossos clientes quanto a dos colaboradores que trabalham nas praças de pedágio”, explica Diêgo Dutra, Coordenador de Interação com o Cliente na CCR NovaDutra 

Infração

De acordo com o artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro, “transpor, sem autorização, bloqueio viário com ou sem sinalização ou dispositivos auxiliares, deixar de adentrar as áreas destinadas à pesagem de veículos ou evadir-se para não efetuar o pagamento do pedágio” são consideradas infrações graves. A multa para esses casos é de R$ 195,23, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.