Jd. Fortaleza terá nebulização contra mosquito da dengue na segunda (21)

Foto: Divulgação/PMG

O método anterior, chamado fumacê se mostrou ineficaz contra o aedes aegypti e, em vez de combatê-lo, causou resistência do mosquito ao produto

Na próxima segunda-feira (21) o Jardim Fortaleza terá nebulização para conter o avanço do mosquito aedes aegypti – transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Nesta semana foram contemplados os bairros Presidente Dutra, Ponte Grande e Palmira, locais onde o serviço foi executado com o apoio da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen).

No mês passado, a região beneficiada foi a Pimentas, a nebulização é realizada sempre ao entardecer, por volta das 18h, e durante a operação a população deve manter portas e janelas abertas, animais protegidos, além de guardar ou cobrir os alimentos que estiverem expostos.  

A ação é indicada para localidades com casos confirmados de dengue e somente é desencadeada após o trabalho de bloqueio, que consiste na eliminação dos criadouros e orientação da população sobre a adoção e manutenção das medidas preventivas.

Essa nova técnica recomendada pelo Ministério da Saúde veio para substituir o antigo fumacê, que foi proibido pela Sucen por utilizar sem critérios e de forma indiscriminada um inseticida altamente tóxico e prejudicial ao meio ambiente.

Já a nebulização tem baixa toxidade e não causa prejuízo ao meio ambiente e à fauna silvestre. Suas partículas ficam suspensas no ar por um período mais longo, conferindo maior eficácia no combate ao mosquito.