Salário mínimo deve passar de R$ 1.045 para R$ 1.100 em 2021

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O reajuste serve como base para trabalhadores do serviço público, da iniciativa privada e ainda, para aposentados

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (30), por meio de suas redes sociais, a assinatura de uma medida provisória (MP) que elevará o salário mínimo para R$ 1.100, com vigência a partir de 1º de janeiro. O valor atual é de R$ 1.045.

Em meados de dezembro, o Congresso havia aprovado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021 e fixado o salário-mínimo em R$ 1.088. Na proposta aprovada pelos parlamentares, não houve aumento real no salário.

Apesar disso, houve apenas a correção com base na previsão da inflação acumulada no ano, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Medidas de caráter provisório entram em vigor assim que publicadas no “Diário Oficial da União”.

Entretanto, precisam de aprovação do Congresso Nacional para se tornar leis em definitivo. Na prática, o novo reajuste vigora já a partir de 1º de janeiro.

*Com informações da Agência Brasil