Estado adia, mais uma vez, retomada das obras do Rodoanel Norte

Foto: Diário da Zona Norte/Reprodução

O trecho norte do Rodoanel que corta boa parte de Guarulhos e passa por diversos bairros deveria retomar as obras paralisadas em 2018, neste mês. Mas, a Secretaria de Logística e Transportes informou que irá publicar em breve o edital de licitação.

Entretanto a publicação deveria ter acontecido em 31 de março de 2020, após audiência pública, realizada dias antes para divulgar a retomada obras. A pasta, porém declarou que em razão da pandemia do coronavírus foi necessário aguardar.

Depois de suspeita de irregularidades nos contratos e acusações de superfaturamento, as obras foram interrompidas e estão com canteiros abandonados desde então. De lá para cá, houve a mudança na gestão da obra que deixou de ser feita pela DERSA e foi assumida pelo DER.

Em setembro do ano passado, a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou por 64 votos contra 15, a extinção da estatal Desenvolvimento Rodoviário S.A.(DERSA). A empresa era responsável pela maioria das obras viárias dos governos tucanos no estado.

O Departamento de Estrada e Rodagem (DER) substituiu DERSA no acompanhamento do Rodoanel Norte. Em 2019, a atual gestão fez uma análise técnica, econômica e jurídica dos contratos e nos 44 km do trecho norte, segundo informou a assessoria.

Antes, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) produziu um laudo técnico sobre o impacto da paralisação das obras. O estudo constatou quais os reparos devem ser executados diante da retomada, que ainda não tem data para recomeçar, mas tem previsão final para 2022.

Ainda de acordo com o estado, o Rodoanel Norte vai operar com um sistema de acompanhamento em tempo real com objetivo de aumentar a transparência nas obras. E ainda a disponibilização de um site com planilhas de gastos e central de monitoramento 24 horas.