Raio-X do Transporte Público: População aguarda entrega total da nova frota

0
0
Foto: Marcela Vasconcelos (Guarulhos Online)

O segundo capítulo da “novela” do transporte público de Guarulhos começa com o dilema dos passageiros dos bairros Jurema, Leblon, Centenário, Alvorada, Santo Afonso e região. Esses são só alguns dos que estão nas imediações da Rodovia Ayrton Senna.

Raio-X dos Coletivos: São João e região

Todos os dias os munícipes destas localidades passam pelo Terminal Pimentas para acessar a região central da cidade por meio de corredores principais como a Avenida Monteiro Lobato. Antes, passam por um longo caminho para chegar ao centro.

O Guarulhos Online percorreu algumas linhas e identificou alguns problemas, como ônibus com a lataria completamente suja, portas sem o fechamento total, campainhas sem funcionar e nenhum veículo da frota nova circulando pelas ruas. De acordo com a prefeitura, os novos coletivos deverão ser entregues totalmente até o fim do primeiro semestre de 2020.

Nesta terça-feira (03) fizemos o trajeto de Cumbica até o Terminal Pimentas, do Terminal até o Jardim Santo Afonso, novamente passamos pelo Terminal e seguimos até o Centro da cidade pelas rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra.

Percorremos esse caminho pelas linhas 732 (Pimentas-Jd. Santo Afonso) 720 (Pimentas- Centro via Cecap) 701 (Pimentas-Centro via Ayrton Senna). De acordo com a administração municipal a Viação Campo dos Ouros conta com 198 carros, mas, para quem depende do transporte coletivo não é o suficiente.

“Parece que sempre falta ônibus, a gente fica esperando muito no ponto e eles nunca passam. Quando vem estão sempre lotados”. relatou Marcos Pereira, 37. Ele mora no Parque Jurema e trabalha no Centro.

Antes de enfrentar o trafego das rodovias, as curvas e ladeiras desestabilizam os ônibus grandes, desviar dos buracos nem sempre é possível porque as ruas são estreitas e sinuosas e os passageiros precisam de atenção para não se machucar ou cair.

Em quilometragem a região do Pimentas está à 15 km em média de São Miguel Paulista na Zona Leste da Capital e há 17 km do Calçadão da Dom Pedro II no centro da cidade. A distância nem é tão grande se comparamos, mas, as integrações até o centro de Guarulhos tornam o trajeto mais demorado e caótico.