Proposta de decreto legislativo para barrar liquidação da Proguaru é derrotada, veja como cada vereador votou

Foto: Michel Wakin/Guarulhos Online

Foram 22 votos contrários a deliberação, outros nove votos foram favoráveis e houve três ausências

O projeto nº 2.654 de decreto legislativo como prerrogativa para barrar o decreto nº 38.316 apresentado pelo Prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) para liquidar a Proguaru foi rejeitado pela maioria dos vereadores, em sessão da Câmara Municipal nesta quarta-feira (08).

A votação recebeu 22 votos contrários, nove votos a favor e três ausências. A proposta foi apresentada pelo vereador Maurício Brinquinho (PT) há uma semana, quando a frente da Câmara foi tomada por uma manifestação de funcionários da Proguaru, pedindo que os vereadores aderissem a proposta.

Só após a deliberação, o projeto entra em discussão nas comissões e em plenário, no entanto a maioria votou por não abrir o debate sobre a Proguaru. O resultado da votação foi amplamente criticado por parlamentares da oposição, já que desta vez, os novos parlamentares poderiam se posicionar.

A proposta permitiria que comissão liquidante da Prefeitura sobre a Proguaru fosse enfraquecida e desta forma, o processo de extinção fosse postergado até pelo menos, o resultado final sobre o referendo municipal por parte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Veja quem são os vereadores que votaram NÃO pela deliberação:

  • André Alves (Cidadania)
  • Carlinda Tinoco (Republicanos)
  • Carol Ribeiro (PSDB)
  • Danilo Gomes (DC)
  • Dr. Alexandre Dentista (PSD)
  • Geleia Protetor (PSDB)
  • Geraldo Celestino (PSC)
  • Gilvan Passos (PSD)
  • Jaime Junior (Republicanos)
  • Karina Soltur (PSD)
  • Lamé (MDB)
  • Leandro Dourado (PTC)
  • Luís da Sede (PSD)
  • Pastor Anistaldo (PSC)
  • Paulo Roberto Cecchinato (PTB)
  • Rafael Acosta (DC)
  • Romildo Santos (PSD)
  • Sandra Gileno (Patriota)
  • Ticiano Americano (Cidadania)
  • Vanessa de Jesus (Republicanos)
  • Wellington Bezerra (PTC)
  • Wesley Casa Forte (PSB)

Veja quem são os vereadores que votaram SIM pela deliberação:

  • Laércio Sandes (DEM)
  • Edmilson Souza (PSOL)
  • Janete Pietá (PT)
  • Lucas Sanches (PP)
  • Marcelo Seminaldo (PT)
  • Márcia Taschetti (PP)
  • Fausto Martello (PDT)
  • Maurício Brinquinho (PT)
  • Rômulo Ornelas (PT)

Ausências

  • Jorginho Mota (PTC)
  • Lauri Rocha (PSD)
  • Sérgio Magno (Patriota)